O Instituto Radar Brasil, através de analise de casos clínicos, pesquisa e coleta de dados, assim como compreensão de trabalhos académicos a respeito da dependência química, compreende que uma parte essencial do tratamento consiste com foco na familia. Com isso em mente, temos semanalmente reuniões voltadas às famílias de nossos acolhidos, afim de estabelecer junto a eles um crescimento pessoal que possa permitir um ambiente saudável de recuperação nao somente para o dependente químico, como também para sua familia.

O envolvimento da família no tratamento tem sido apontado como preditor de sucesso terapêutico da dependência química. Utilizando o estudo de caso de dependente químico e sua família, atendidos por instituição de saúde, para identificação da dinâmica relacional estabelecida nestes contextos, compreende-se que existe uma necessidade de compreensão da dependência química como fenômeno que pode ser influenciado pela dinâmica familiar reforçando aspectos de seu funcionamento para a manutenção do sintoma.

Tratar a disfuncionalidade familiar pode constituir-se um fator de proteção ao uso de drogas e prevenção à recaída.

Citando um exemplo comum, quando o paciente inicia o tratamento para a dependência química, a droga perde o lugar privilegiado da atenção familiar e o paciente começa a reinvestir, progressivamente, em contextos de vida mais saudáveis. Com isso, a família rompe a homeostase até então estabelecida e o casal precisa mudar seu foco de atenção, permitindo a melhora do filho. O filho usuário de drogas sai do lugar de investimento parental fazendo com que o casal se depare com a própria relação conjugal. Assim, os conflitos antes deixados de lado, pela preocupação com o filho, tendem a reaparecer, colocando em risco o relacionamento conjugal dos pais. A fim de proteger o casal parental, o filho volta a comportar-se de maneira autodestrutiva, chamando, novamente, a atenção da família. Com isso, promove a união do casal em torno de si, mobilizados pela sintomatologia adicta, contribuindo para a manutenção da homeostase do sistema familiar. Neste caso, o sintoma da drogadição funciona como estabilizador do sistema familiar, pois, se o problema da adição perdura, o conflito conjugal permanece às escondidas.

(Referencia Bibliográfica: "Aspectos da dinâmica da família com dependência química” - Fernanda Marques Paz (Psicóloga), Patrícia Manozzo Colossi (Faculdades Integradas de TaquaraEstudos de Psicologia)

LOCAL: Rua Elizabeta Lips, 273 - Centro - Taboão da Serra / SP

DATA:
1º terça feira do mês: Dr. Camilo (Psicólogo)
2º terça feira do mês: Dra. Sandra (Psicóloga)
Terça feira que antecede a visita**: Wagner (Coordenador Terapêutico)

HORÁRIO: 20 hrs


**OBS: As visitas acontecem todos os últimos sábados do mês.

Ajude-nos a manter o Instituto Funcionando

Aceitamos doações de qualquer valor e alimentos para conseguir nos manter.

Instituto Radar Brasil

Radar Brasil é um centro terapêutico com tratamento para o abuso e dependência de Álcool e Drogas, oferecendo conforto e segurança para recuperação.

Fale Conosco

  • Estrada Abílio Marchi, 901 - Itapecerica da Serra - SP - CEP 06881-300
  • Fone: 55 (11) 4147-1175 | (11) 98115-2666
  • Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Top