O exame toxicológico tem como objetivo detectar a ingestão ou exposição ás substâncias tóxicas, drogas e outras substâncias intoxicantes.

Antes de abordarmos as diversas tecnologias sobre exames toxicológicos, devemos entender qual o conceito da droga.

DROGAS

Depressivas: reduzem a atividade cerebral, dificultando o entendimento e processamento de informações no cérebro.
Exemplo: bebidas alcoólicas, barbitúricos, diluentes, lança perfume, ópio, clorofórmio, morfina, heroína, inalantes, etc...

Alucinógenas: produzem alucinações e perturbações psíquicas.
Exemplo: maconha, cogumelo, haxixe, LSD, ecstasy, DMT, entre outras.

Estimulantes: essas drogas aumentam o nível de percepção do usuário, produzem aumento da atividade pulmonar, reduzem a fadiga.
Exemplo: cocaína, crack, cafeína, anfetamina, etc...

TÉCNICAS DE EXAMES TOXICOLÓGICOS

Exame toxicológico instantâneo: parecidos com testes caseiros de gravidez, são baratos e rápidos, porém pouco confiáveis e com janela de detecção curta. Usam como base de teste fluídos corporais como urina e suor.

Exame toxicológico laboratorial: é realizado em laboratórios a partir de amostras biológicas – queratina (cabelo ou pêlos), sangue, urina e saliva. Caso laboratório possua boas práticas técnicas o exame é confiável mas há de se considerar, no entanto, as limitações de cada tecnologia e refletir a respeito do uso do exame.

Para identificarmos se o indivíduo consumiu recentemente a droga, é usado o teste laboratorial em fluidos corporais (urna, suor, saliva e sangue).

O resultado não se expressa em quantidades, ou seja, não analisa o quanto de droga foi consumido. Existe um termo muito utilizado nessa prática média, chamado “janela de detecção”, isso quer dizer o período pelo qual o exame é capaz de detectar o consumo de drogas, vejamos:

- Em até 07 (sete) dias pode-se detectar a maconha;

- Em menos de 03 (três) dias pode-se detectar outras drogas (cocaína, crack, ecstasy e anfetaminas).

No exame por amostras de queratinas (cabelos ou pêlos), temos uma coleta mais fácil e um período de detecção maior. É mais utilizado quando se quer saber da quantidade de droga consumida pelo usuário.

As tabelas abaixo ressaltam melhor a janela de detecção de cada tipo de droga:

exame tabela 1
exame tabela 2


LEGISLAÇÃO BRASILEIRA

Um dos exames toxicológicos mais conhecidos no Brasil atualmente é o exame que detecta a quantidade de álcool consumida pelo motorista, mediado pela utilização do bafômetro. A Lei que institui como penalidade o consumo de bebidas alcoólicas por motoristas ganhou grande repercussão. O Código Brasileiro de Trânsito, em forma da Lei 11.705 de 19 de junho de 2008 Art. 165 diz que: Dirigir sob a influência de álcool ou qualquer substância psicoativa que determine dependência. Infração gravíssima.

Penalidade – multa (cinco vezes) e suspensão do direito de dirigir por 12 (doze) meses.

Medida administrativa – retenção do veículos até a apresentação do condutor habilidade e recolhimento do documento de habilitação.

Quanto ao consumo de drogas lícitas, como álcool, o Brasil tem obtido seus avanços, já quando nos referirmos ao consumo de drogas ilícitas em empresas ou instituições públicas, a Legislação não possui regulamentação que exija a realização do teste toxicológico e nem medidas para tratar o dependente químico.

EXAME TOXICOLÓGICO – UTILIDADE E IMPORTÂNCIA

No esporte, no meio profissional ou no tratamento de dependentes químicos e pesquisas, o exame toxicológico ganhou seu espaço, hoje consiste também em meios para a polícia de reconhecer usuários e desvendar crimes.

Sua importância está no ato de reconhecer e auxiliar em respostas necessárias para o tratamento e preservação da vida de usuários, como também, no reconhecimento de pistas investigativas do meio policial. Quanto a Lei instituída pelo Código Brasileiro de Trânsito, citada anteriormente, sua importância é válida no reconhecimento da queda nos índices de acidentes de trânsito provenientes do consumo indevido do álcool por motoristas.

O teste de detecção de drogas, só pode ser realizado mediante autorização do indivíduo por escrito ou no caso de urgências clínicas.

Ajude-nos a manter o Instituto Funcionando

Aceitamos doações de qualquer valor e alimentos para conseguir nos manter.

Instituto Radar Brasil

Radar Brasil é um centro terapêutico com tratamento para o abuso e dependência de Álcool e Drogas, oferecendo conforto e segurança para recuperação.

Fale Conosco

  • Estrada Abílio Marchi, 901 - Itapecerica da Serra - SP - CEP 06881-300
  • Fone: 55 (11) 4147-1175 | (11) 98115-2666
  • Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
Top